Politica

Trabalhadores retomam coleta de lixo em Cuiabá e Várzea Grande

Coletores haviam começado a greve nessa terça-feira (2), devido à falta de melhores condições de trabalho.

Os trabalhadores da coleta de lixo retomaram os serviços em Cuiabá e Várzea Grande, região metropolitana da capital, nesta quarta-feira (3). Eles haviam começado a greve na terça-feira (2), devido à falta de melhores condições de trabalho.

Segundo o procurador do Sindicato dos Trabalhadores na Limpeza Urbana (Sindilimp-MT), Adauto Muniz, o retorno é de forma temporária, pois ainda haverá audiência pedindo pelas melhorias dos coletores na quinta-feira (4).

“Na quinta-feira teremos uma audiência na Justiça do Trabalho, vamos ver que se sai dessa audiência. Na sexta-feira teremos uma assembleia geral com os trabalhadores da empresa Locar de Cuiabá e Várzea grande, e nessa assembleia vai ser definido se volta ou não a paralisação”, informou.

Os coletores são contratados pela Locar Saneamento Ambiental. Ainda na terça, a empresa informou que havia fechado um acordo com a mediação do Ministério Público do Trabalho de Mato Grosso, de reajuste salarial de 7,70%, e renda mensal de R$ 3.240,00 para os trabalhadores.

No domingo (30), a greve dos trabalhadores da coleta de lixo foi considerada ilegal por decisão liminar do juiz Tarcísio Regis Valente, do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região. Caso a greve não seja encerrada, uma multa diária de R$ 100 mil será aplicada, além do desconto no salário dos empregados que participarem da paralisação.

Veja o que a categoria reivindica:

Aumento do piso salarial de R$ 1.423,00 para R$ 1.750,00
Pagamento do FGTS;
Melhoria da frota;
Pagamento do benefício vale alimentação;
Fornecimento imediato de uniformes;
Mudança na carga horária.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo